Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Adeus

Imagem
Cada batida do coração é um sentimento. Raiva, angústia, alegria, solidão, harmonia, tristeza. Sentimento. Sentimento. Sentimento. Cada palavra que sai pela boca é sentido. Sentido da palavra e sentido no peito. É poder. Palavra. Que som simples e aparentemente inofensivo, como a bela borboleta que pousa sobre a flor e anuncia a chegada da primavera. A bela borboleta que pode também permanecer no inverno.
Cada batida de suas asas é como cada batida do coração. Sentimento. Sente o imenso vazio chegar ao ouvir esta palavra: adeus.
Adeus meus grandes amigos. Obrigada pelo tesouro que me permitiram fazer. Adeus minha adorada família. Obrigada pelos ensinamentos que me fizeram quem sou. Adeus meu amor. Obrigada só por isso: por existir. Não pensem que é só minha boca que diz adeus. Não pense que é tudo assim, superficial como a água rasa. Não é rancor, nem ingratidão, mas sim, necessidade.
Adeus, agora, é cada batida de meu coração. É cada ar que inspiro e expiro. É cada palavra que me deixo …

Esperança

Imagem
Esperança é sentir a brisa no monte desvelado. É sorrir sonhos em dias enevoados. É viver o não-vivido quando ele já se foi.
Esperança é ter o mundo mesmo de mãos vazias. É entender o tudo como ele nunca foi um dia. É esperar paciente o amanhã se revelar.
Esperança é ver cada partícula de ar se elevar. Ver o dia carregar para o céu a mesma cor do mar. É saber o não sabido sem nem mesmo refletir.
Esperança é ter sempre o novo como visão de futuro. É ver infinitos no lugar de muros. É intuir que o fim só é fim quando o tempo a todos levar. É fé. É força. É respeito. É tudo que de melhor se carrega no peito. Novamente, é esperança, tal como o sorriso da criança, que olha pro mundo e vê que ele, afinal, não é mal assim para os quem tem os olhos certos para ver. 
Esperança. Nunca morre, para que possamos viver.